Bruno Garschagen: Frase de Witzel sobre morador de rua tem apelo popular

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2019 08h02 - Atualizado em 08/08/2019 19h24
DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOWilson Witzel disse que "teria dado um tiro na cabeça" do morador de rua que matou duas pessoas na Lagoa Rodrigo de Freitas

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que “teria dado um tiro na cabeça” do morador de rua que matou duas pessoas e feriu outra a facadas na Lagoa Rodrigo de Freitas no domingo (28). Witzel elogiou a atuação da Polícia Militar por ter imobilizado o homem durante o surto.

“Essa frase do governador tem um apelo popular. Imagina as pessoas vendo esse crime brutal que aconteceu no meio da rua no Rio de Janeiro, uma situação que infelizmente é regular. Ao dizer isso ele toca o coração das pessoas porque está todo mundo cansado dessa violência na cidade. O que se deve criticar também é que se demorou muito. Se já tinham policiais ali, como o sujeito conseguiu ferir uma terceira pessoa? A ação policial deveria ter sido mais ágil. Não precisava tirar a cabeça, mas um tiro no joelho deveria ser feito logo.”