A cada dia que passa a Lava Jato revela mais um escândalo

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2016 10h57

Carlos Araújo e um casal amigo de Dilma teriam recebido R$ 200 mil da EngevixCarlos Araújo

O comentarista Marco Antonio Villa fala sobre a matéria de capa da revista Época, que fala sobre o ex-marido da presidente Dilma estar na mira da Operação Lava Jato. Segundo reportagem da revista Época, Carlos Franklin Paixão de Araújo teria sido procurado por um empreiteiro para salvar negócios da Engevix.

A empresa, que tem negócios nas áreas de óleo e gás, petroquímica, siderurgia, mineração e infraestrutura, para contornar a crise econômica, cogitou contatar a presidente Dilma Rousseff para destravar as barreiras dos empréstimos oficiais.

Segundo a publicação, houve uma reunião secreta entre executivos da Engevix e Carlos Araújo. Dessa investigação, descobriu-se que a empreiteira pagou ao menos R$ 200 mil, por meio de um intermediário, a um casal amigo de Dilma e seu ex-marido. Mas não há indício de que a presidente sabia o que transcorreu.

*Ouça o áudio completo