Câmara deve diminuir restrições ao foro privilegiado

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2017 09h00

Ministros Gilmar MendesABR - Ministros Gilmar Mendes

O Supremo adiou a decisão sobre a restrição ao foro privilegiado. Apesar de quatro votos terem sido favoráveis, o ministro Alexandre de Moraes pediu vista para dar tempo ao Congresso votar nova lei sobre o tema.

O projeto aprovado pelo Senado é mais radical que o do STF. A Câmara, porém, não tem essa pressa toda para votá-lo, ate porque a casa baixa do legislativo está com outras prioridades em pauta.

O fato é que o projeto não passa como veio do Senado. Os deputados vão estender o foro especial a algumas categorias a mais, não só os chefes de poderes.

As informações são da colunista Jovem Pan Vera Magalhães: