Câncer de ovário é o mais grave tumor ginecológico, mas tem incidência menor

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2016 11h10
Imagem de aparelho de ultrassom mostra ovário com tumor (Foto: Cancer Genome Atlas/

O câncer de ovário é o mais grave tumor ginecológico, mas sua incidência é menor que o câncer de mama e atinge somente 2% das mulheres.

75% dos diagnósticos são feitos quando a doença já se espalhou para outros órgãos, como por exemplo, o peritoneo. Isso acontece porque a detecção é difícil já que não existem exames específicos para o diagnóstico precoce. Além disso, a doença apresenta poucos sintomas.

O câncer de ovário é mais comum após os 50 anos de idade e o componente genético está presente em somente 10% a 15% dos casos.

As mulheres devem prestar atenção a qualquer sinal de desconforto como inchaço abdominal que não passa, gases, prisão de ventre, cansaço constante e alteração na função digestiva.

O oncologista Fernando Maluf aconselha que as mulheres consultem seus ginecologistas regularmente.

Confira: