Ana Paula Prado diz que seu maior desafio é conciliar maternidade e carreira

Gerente nacional do InfoJobs lamenta que homens sejam menos cobrados para manter equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional

  • Por Fabi Saad
  • 18/11/2020 20h40 - Atualizado em 19/11/2020 10h13
Vivian Koblinsky/divulgaçãoAna Paula Prado, Country Manager do InfoJobs e mãe da Olívia

Ana Paula Prado é country manager (gerente nacional) do InfoJobs e mãe da Olívia. Em entrevista à coluna, ela contou como foi o início da sua carreira, citou desafios que enfrentou (e ainda enfrenta) em seu dia a dia como mulher profissional e explicou qual a sua forma de encará-los como crescimento. “Meu maior desafio é conciliar a vida de mãe e mulher com a vida profissional”, disse a executiva. Ela lamenta que as mulheres ainda sejam mais cobradas do que os homens neste sentido. “Não é justo.”

1. Como começou a sua carreira? Começou enquanto eu estava na faculdade de psicologia. Em meu primeiro estágio, eu comecei a atuar com RH, mais especificamente com R&S (recrutamento e seleção), e me encantei com a área! Depois desse estágio, eu passei a trabalhar em um jobsite, empresa de internet. Na época, era um mercado completamente novo e, a partir daí, foi um desafio atrás do outro. Por ser movida a desafios, minhas conquistas foram bastante naturais, frutos de muito trabalho. Hoje estou como Country Manager do InfoJobs, o maior portal de empregos do Brasil. Me orgulho muito da minha carreira, porque sei que todo o trabalho impacta positivamente na sociedade, ao gerar empregos e agregar tecnologia para o processo de recrutamento e seleção das empresas para que encontrem o candidato ideal para as suas posições.

2.  Como é formatado o modelo de negócios do InfoJobs? É o jobsite líder no Brasil, com média de 20 milhões de visitas ao mês e mais de 30 milhões de candidatos cadastrados de todos os perfis. É a plataforma de profissionais e busca de talentos mais visitada do Brasil. Possui a tecnologia mais avançada do setor, oferecendo aos candidatos a vantagem de cadastrarem seus currículos de forma gratuita e, às empresas, soluções para promover sua marca empregadora, desde a divulgação de ofertas até a escolha do melhor profissional. Seu principal objetivo é promover o encontro entre as empresas e os candidatos que buscam melhores ofertas de trabalho. A marca InfoJobs pertence ao Grupo RedArbor, o terceiro maior grupo de sites de emprego do mundo, que possui sites em 25 países, com escritórios em 11 deles e 300 funcionários em todo o mundo. Este ano expandimos os negócios e entramos para o mercado de ATS. Lançamos o PandaPé, que é um software de recrutamento de última geração. Ele chegou para automatizar, acelerar, digitalizar e garantir excelência nos processos de seleção.

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira? Tive muitos momentos difíceis na carreira, mas meu exercício é usá-los ao meu favor e sempre questionar quais foram os aprendizados que o desafio me trouxe. Eu procuro ser sempre otimista e fazer parte do time que “de um limão faz uma limonada”.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal com a vida corporativa? Aqui está o maior desafio da carreira, pois é muito difícil conciliar a vida de mãe/mulher com a vida profissional. O que eu percebo é que, infelizmente, as mulheres ainda são muito mais cobradas quanto a esse equilíbrio do que os homens. O que não é justo, na minha opinião! Independentemente do gênero, creio que temos sempre muitos pratos sendo equilibrados ao mesmo tempo e que devemos estar atentos aos pratos que são mais importantes de acordo com nossos valores. Mo meu caso são família e saúde.

5. Qual o seu maior sonho? Quero muito que o Brasil se equilibre, que as pessoas tenham educação, saúde e muitas oportunidades! Será que é sonhar tão grande? Além disso, apesar de parecer piegas, quero que minha filha seja feliz, que ela faça as melhores escolhas e que se divirta muito na vida.

6. Qual a sua maior conquista? Minha família!

7. Livro, filme e mulher que admira. Livro, sem dúvidas, é “A coragem de ser imperfeito”, da Brené Brown. No que diz respeito a filme, excelente é o “O Escândalo”, que eterniza o movimento #MeToo. Por fim, uma mulher que admiro é a Michelle Obama.