Começa hoje uma das maiores feiras agrícolas do mundo

Novidades tecnológicos vão marcar a retomada da edição presencial do evento em Ribeirão Preto

  • Por Kellen Severo
  • 25/04/2022 09h00 - Atualizado em 26/04/2022 17h40
JOEL SILVA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 20/04/2022 Maquina colheitadeira exposta na entrada para a, 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, Agrishow Maquina colheitadeira exposta na entrada da Agrishow

Começa hoje, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, a Agrishow 2022, uma das maiores feiras agrícolas do mundo. O local é um tradicional palco para lançamento de novas tecnologias e inovações no agronegócio. Com a pandemia, as edições presenciais da feira de 2020 e 2021 foram suspensas. A retomada dos negócios físicos com estandes, máquinas agrícolas e startups apresentando suas novidades será um marco no pós-Covid-19. O uso de tecnologia tem sido um dos principais responsáveis pelo crescimento do agro brasileiro. Entenda-se por tecnologia o lançamento de sementes mais modernas, com melhoramento genético, agroquímicos com moléculas mais eficazes para controle de pragas e doenças, máquinas mais eficientes, que reduzem custos, só para citar apenas alguns exemplos.

Esse conjunto de inovações aumentou a produção agrícola e economizou área. O perfil empreendedor do agricultor brasileiro e o uso de tecnologias são responsáveis por aumento de cinco vezes na produção de grãos em apenas 40 anos. O Brasil, em 1980, produzia 50,8 milhões de toneladas. Em 2020, saltou para 257 milhões de toneladas de grãos, um crescimento exuberante, fartura de alimentos que vêm do campo. Vamos conhecer mais tecnologias na Agrishow 2022 e entender as tendências para o agronegócio brasileiro. Já adianto para vocês que máquinas autônomas, fintechs do agro, softwares de gestão, drones para aplicação de insumos e metaverso já estão entre as novas ondas do agrotech.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.