Fazenda vai operar somente com robôs, sem presença de humanos

Charles Sturt University e a empresa de tecnologia Food Agility anunciaram que farão uma parceria para construir a Fazenda Digital Global, na Austrália

  • Por Kellen Severo
  • 18/08/2021 10h00
PixabayPrimeira fazenda comercial totalmente automatizada será construída na Austrália

Você já pensou como serão as fazendas do futuro? Muita gente tem se dedicado a projetar esse novo mundo. Estudos apontam que máquinas, automação e inteligência artificial estarão ainda mais presentes no dia a dia do campo. Na Austrália, há pouco foi anunciado um plano de criar uma fazenda inteligente onde robôs farão todo o trabalho, sem a necessidade da presença humana. A Charles Sturt University e a empresa de tecnologia Food Agility anunciaram que farão uma parceria para construir a Fazenda Digital Global, a primeira fazenda comercial totalmente automatizada da Austrália.  A ideia é revelar a agricultura do futuro com uso de robótica, novos modelos de agricultura sustentáveis e com melhoria de práticas agrícolas.

Nos próximos três anos, a infraestrutura digital e de telecomunicação será montada. O projeto contará com tratores autônomos, colheitadeiras, robôs agrícolas, práticas de cibersegurança, sensores de inteligência que mensuram a interação entre plantas, solo e animais, mensuração de carbono e programas de inteligência artificial para o gerenciamento da fazenda. Uma das metas do programa é revelar como a tecnologia pode contribuir para melhorar a produtividade e a performance dos negócios. Além disso, a dificuldade de mão de obra poderá ser suprida com a robotização, defendem os pesquisadores. No Brasil, há movimentos semelhantes com fazendas inteligentes testando novas tecnologias. O nível de automação ainda é baixo, especialmente em decorrência dos custos altos. A tecnologia é central para a construção no novo agro, mais moderno e conectado.