Revolta de agricultores na Europa já alcança 11 países

Agro protesta contra imposição de políticas ambientais e altos custos de produção

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
  • Por Kellen Severo
  • 05/02/2024 09h57 - Atualizado em 05/02/2024 09h57
JOHN MACDOUGALL/AFP Tratores e caminhões estão em frente ao marco de Berlim, o Portão de Brandemburgo, enquanto ao fundo pode ser vista a Prefeitura Vermelha da capital alemã durante um protesto de agricultores e motoristas de caminhão Tratores e caminhões estão em frente ao marco de Berlim, o Portão de Brandemburgo, enquanto ao fundo pode ser vista a Prefeitura Vermelha da capital alemã durante um protesto de agricultores e motoristas de caminhão, em 15 de janeiro de 2024 em Berlim. A raiva dos agricultores e dos camionistas decorre de uma decisão do governo de cortar subsídios e incentivos fiscais sobre veículos a gasóleo e agrícolas. A medida fez parte dos esforços da coligação do chanceler alemão Olaf Scholz para encontrar poupanças depois de o tribunal superior da Alemanha ter decidido, em Novembro de 2023, que o governo tinha violado as regras da dívida.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.