Constantino: Coronavírus é melhor amigo dos corruptos

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2020 07h48
Roberto Casimiro/Estadão ConteúdoCompras emergenciais são alvos de críticas pelos valores elevados e pela demora na entrega de itens para hospitais

A corrupção continua no Brasil durante a pandemia e a Polícia e o MP investigam compras sem licitação em 11 estados e no Distrito Federal. Compras emergenciais são alvos de críticas pelos valores elevados e pela demora na entrega de itens para hospitais.

“Tudo o que o corrupto mais gosta é de um ambiente de emergência, de necessidade de ter que comprar produtos às pressas sem a devida transparência ou preocupação de buscar a melhor fonte para fornecimento. Ou seja, o coronavírus é o melhor amigo dos corruptos.

Por isso mesmo temos a obrigação de redobrar a atenção. Tem muito contrato suspeito, milhões de dólares envolvidos e ventiladores que chegam da China sem sequer funcionar. Sem duvidas a corrupção tem se alastrado com a pandemia e nós temos que ficar muito atentos.”