Vera: Gilmar quer validar mensagens da ‘Vaza Jato’ como provas

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2019 08h44
André Dusek/Estadão ConteúdoTentativa pode abrir portas para habeas corpus de Lula no caso do triplex

O ministro do o Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, está tentando aproveitar a fala do vice-procurador geral da República (PGR), Alcides Rodrigues, que disse que a PGR deveria se pronunciar sobre a validade das mensagens hackeadas do aplicativo Telegram de autoridades, para tentar utilizá-las como provas.

Mendes estaria disposto a requerer que a PGR analise essas mensagens fazendo com que, dessa forma, possam ter valor de prova em recursos q correm no próprio STF, como por exemplo o pedido de habeas corpus enviado pela defesa do ex-presidente Lula, que pede a suspeição do ex-juiz federal, Sergio Mro, no caso do triplex.

O problema é que, se usadas como provas, essas mensagens – obtidas de forma criminosa pelos hackers, alvo de inquérito com hackers presos pelo ataque – é algo sem precedentes na Corte, e pode abrir uma porta para a invasão de privacidade. Se forem validadas, hackers podem ver chancela para uma espécie de “campeonato de invasão”, algo que colocará não só as autoridades, mas toda a sociedade, sob imensa dose de insegurança.