Procedimentos estéticos em pacientes com câncer devem ter acompanhamento médico

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2017 10h13
É importante que o paciente consulte um dermatologista para saber quais cremes e sabonetes pode usar durante esse período

Durante a quimioterapia e a radioterapia a pele fica mais ressecada e sensível, por isso qualquer procedimento estético que o paciente quiser fazer tem que ter recomendação e acompanhamento médico. Alguns são, inclusive, proibidos. Procedimentos que necessitam de uso de agulhas, por exemplo, não podem ser feitos porque aumentam o risco de infecção. Limpeza de pele, peelings, tinturas de cabelo também devem ser evitados.

É importante que o paciente consulte um dermatologista para saber quais cremes e sabonetes pode usar durante esse período. Esse profissional também vai orientar sobre quando o paciente, terminado o tratamento do câncer, poderá fazer os procedimentos estéticos que desejar.

E lembre-se: proteger a pele do sol é fundamental e isso deve ser feito com o protetor que o médico recomendar e com roupas adequadas. E não se esqueça de manter sempre sua pele hidratada.

Somos o Instituto Vencer o Câncer. Estamos juntos com você nessa luta.