Corrupto que é corrupto rouba mesmo sem financiamento privado

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2015 14h05

Rachel Sheherazade comenta o fim de financiamento de empresas a partidos políticos, pauta de entidades como a CUT, que vão às ruas nesta terça.

Para a comentarista, essa é uma ingenuidade. Corrupto que é corrupto fazem o que for preciso para financiar marqueteiros que vendem até a alma ao Diabo para vencer uma eleição.

Rachel cita denúncias do Petrolão.

Ouça o comentário completo no áudio acima.