A cretinice de Lula e o convite a Miriam Leitão

  • Por Jovem Pan
  • 15/06/2017 08h44 - Atualizado em 29/06/2017 00h26
Rio de Janeiro - O ex-presidente Lula e militantes dos partidos PT e PCdoB participam de encontro para discutir a pré-candidatura de Jandira Feghali à Prefeitura do Rio (Fernando Frazão/Agência Brasil)ABR - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Nesta terça-feira, Míriam Leitão relatou em seu blog um show de boçalidade encenado por pit bulls a bordo de um avião que ia de Brasília ao Rio.

A jornalista teve de suportar agressões da matilha que vinha de Congresso do PT.

Lula, em 1º de junho, no encerramento do Congresso, incitou o ódio, assim como na festa do ex-prefeito de São Bernardo rebaixado a presidente do PT paulista.

Ao tentar minimizar o trabalho de Miriam Leitão, Lula fez bonito na cretinice

Ele disse: “se um dia, se Deus quiser e o povo brasileiro assim desejar, e eu voltar (à Presidência), eu vou chamar a Miriam Leitão (jornalista de economia da Rede Globo) para ser a minha ministra da Fazenda. Eu nunca vi ninguém dar mais palpite errado do que essa mulher. Eu sinceramente não sei como a Globo mantém uma pessoa que não acerta uma”

Lula teve dois ministros da Fazenda em oito anos na Presidência.

O primeiro, Palocci, está preso desde setembro e o segundo, Guido Mantega, perderá logo o direito de ir e vir.

Cada vez mais longe do Planalto e mais perto da capital paranaense, Lula não terá nenhum convite a distribuir.