De presidente a fugitivo em três dias; Blinder comenta situação de Yanukovich

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2014 16h47

“A crise na Ucrânia mostra como, muitas vezes, o poder é fulgaz. Em um dia, o presidente é o todo poderoso. No outro, ou dias depois, não passa de um fugitivo”, é o que diz o comentarista da Jovem Pan Caio Blinder.

Na sexta-feira, Viktor Yanukovich era o presidente da Ucrânia e firmava um pacto de paz com líderes da oposição, com o objetivo de evitar a guerra civil. Já nesta segunda-feira, o Yanukovich não passa de um fugitivo com mandado de prisão emitido pelas novas autoridades.

“Pelas informações, Yanukovich está escondido em algum setor da parte pró-Rússia da Ucrânia, onde começa a se formar milícias. Em Moscou, o governo Putin, através do Primeiro Ministro, Dmitri Medvedev, questiona a legitimidade do governo interino em Kiev e suspendeu de forma indefinida o pacote de ajuda à Ucrânia. Este pacote foi oferecido justamente para impedir que a Ucrânia tivesse acordos de aproximação com a União Europeia”, disse o comentarista.

Confira o comentário completo de Caio Blinder sobre a situação conturbada da Ucrânia no áudio acima.