Defensores de Lula assassinam a verdade, a lógica e o português

  • Por Jovem Pan
  • 03/03/2017 11h11
Lula em ato no Rio de JaneiroImagens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - EFE

Augusto Nunes comenta o manifesto em que mais de 400 “intelectuais do PT” imploram a Lula que antecipe a candidatura para a campanha presidencial de 2018. A nota começa com a frase “por que Lula?”.

“Isso ajudaria a transformar em perseguido político um prontuário ambulante na mira da Lava Jato”.

Para Nunes, os autores do texto “assassinam, simultaneamente, a verdade, a lógica e a língua portuguesa”.

Assista ao comentário completo, com destaque aos erros do manifesto:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.