Defensores dos “Direitos Humanos” se calam diante do Maranhão

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2014 08h18

As decapitações no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, “trouxeram à tona a hipocrisia de alguns nomes coroados na defesa dos direitos humanos”, diz o comentarista da JOVEM PAN, Reinaldo Azevedo.

Ao contrário do que se viu em outros momentos, aqueles que uma vez brigaram pelos direitos humanos, desta vez se calam, por não quererem “briga com José Sarney”, visto que ele, além de possuir grande parte do Maranhão, tem ainda influência forte no PSDB.

No áudio, Azevedo mostra outros bons motivos para o silêncio de muitos diante do que acontece no Maranhão.