Dirceu tem vida privilegiada na Papuda em relação a outros presos

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2014 10h44

Nêumanne, o que há de grave na reportagem que a Revista Veja fez sobre a vida do José Dirceu na prisão da Papuda em Brasília?

Olha, qualquer brasileiro maior de 12 anos que saiba ler sabe muito bem que a Revista Veja não tem pelos réus do Mensalão uma simpatia exacerbada, e , principalmente, pelo senhor José Dirceu. E podem até achar que a reportagem que a Veja fez sobre a vida do Zé Dirceu na Papuda seja provocada por preconceito, uma posição já determinada da revista.

Bom, mas há revelações na reportagem que precisam ser esclarecidas. Há revelação de que corre um boato de que o Genoíno teria deixado de tomar remédio para poder configurar sua doença cardíaca e assim ganhar aposentadoria e prisão domiciliar. E, sobretudo, o comportamento atípico de Zé Dirceu, que tem uma vida privilegiada na Papuda. Isso tudo deveria ser investigado, mas não pode ser investigado porque a Papuda é controlada por um governador do PT que está pouco ligando para o que decide a Justiça.

A questão toda é o seguinte: não vai ser o Agnelo Queiroz que vai resolver esse problema. Não vai haver investigação interna que vai acabar com a picanha, as regalias dos presos do Mensalão em relação à vida dura e até desumana dos presos comuns na Papuda. Há única solução é que a Justiça veja o óbvio: que esses presos do PT não podem ficar na Papuda. Que achem outros presídios para eles.

Ora essa, por que é que o Zé Dirceu tem que cumprir pena na Papuda? Nem de Brasília ele é. Por que é que não vem cumprir pena em São Paulo? Por que é que não vai pra um presídio de segurança máxima? É preciso tomar alguma atitude em relação a isso, porque isso aí é a desmoralização completa do Estado Democrático de Direito. Porque isso é o emprego de dois pesos e duas medidas, o fim da isonomia, a completa desmoralização da igualdade de todos perante a lei. E, sobretudo, é um acinte contra uma decisão do Supremo que condenou esses cidadãos à cadeia e eles estão lá vivendo…. Não digo … porque a cadeia nunca é um lugar bom para você ir. Agora, tendo uma vida privilegiada em relação ao resto da população carcerária.