Engraçada a visão de alguns do Estado brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2017 08h10
RIO DE JANEIRO/BRAZIL, 14APR09 - Participants captured during the World Economic Forum on Latin America in Rio de Janeiro, Brazil, April 14, 2009. Copyright World Economic Forum (www.weforum.org)/Photo by Cicero Rodrigues Cicero Rodrigues/ World Economic Forum marcelo odebrecht (Cicero Rodrigues/ World Economic Forum )

Marcelo Odebrecht diz que pediu a Giles Azevedo, assessor de Dilma Rousseff, para libertar presos da Lava Jato.

Em depoimento, o empresário afirma que o objetivo era evitar delações de executivos de OAS e UTC, mas “não foi feito nada relativo a isso”.

Marco Antonio Villa comenta: É engraçada a visão que eles têm do Estado. Eles não sabem que tem a Constituição, que existem poderes, a independência entre poderes.

Eles imaginam que tudo está à venda. É um negócio escandaloso.

Dilma é pouco inteligente e dá exemplos famosos com o vento, a matemática, a mandioca. Essa senhora teve 54 milhões de votos. Democracia é um negócio complicado. Presidente da República em quatro votações.

E a Justiça americana aplicou à Odebrecht uma multa histórica.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.