Estados que estavam com a corda no pescoço terão momento para respirar

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2016 14h18
BRASÍLIA, DF, BRASIL 20.06.2016: O governador José Ivo Sartori chegou por volta das 10h30 na Residência Oficial de Águas Claras, no Distrito Federal, para reunião com governadores que trata sobre a dívida dos Estados com a União. O grupo de gestores estaduais será recebido nesta segunda (20) pelo Presidente da República em exercício, Michel Temer, a partir das 15h, no Palácio do Planalto. O principal objetivo é acordar alternativas viáveis para superar a grave situação financeira, que afeta o setor público e prejudica a prestação de serviços essenciais, como segurança, saúde e educação. Foto: Luiz Chaves/Palácio PiratiniGovernadores em reunião sobre dívida dos Estados - AGBR

O comentarista Marco Antonio Villa fala sobre a questão política hoje. Daqui 30 anos, quando consultarmos o material do dia de hoje, será possível dizer que o Governo obteve vitória com a renegociação da dívida dos Estados.

Estados gastaram de forma irresponsável e deixaram grandes dívidas. Estados como Rio Grande do Sul, cita Villa. “O problema se estende a outros Estados, como o Rio de Janeiro”, diz.

O teto para o gasto dos Estados é muito mais importante na questão política, ressalta. Villa lembra ainda a questão do impeachment e o reflexo na questão das contas públicas.

*Ouça o áudio completo