Fachin tem compromisso de divulgar nomes implicados na lista da Odebrecht

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2017 09h15
Luiz Edson Fachin, indicado pela presidenta Dilma Rousseff para substituir o ministro Joaquim Barbosa no STF, durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)Luiz Edson Fachin

Luiz Edson Fachin recebe lista de Rodrigo Janot com pedidos para investigar políticos citados pela Odebrecht na Lava Jato.

O ministro não tem prazo para analisar o material, que contém 107 nomes sob sigilo, todos com foro privilegiado.

Marco Antonio Villa comenta: é necessário por a bola no chão. O ministro Fachin tem um compromisso com a nação brasileira. Tem, sim, que divulgar.

É uma marcação cerrada sobre o Supremo Tribunal Federal, que é tudo menos supremo em termos de lei.