Faroeste em São Paulo: três tiroteios em 24h

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2014 17h17

Joseval Peixoto lamenta a violência em São Paulo. Ele comenta três casos de violência que assolaram a capital paulista na última madrugada.

O primeiro, em Cidade Ademar, que mereceu uma matéria de página inteira na Folha de S. Paulo, foi de uma mãe que morreu enquanto voltava da igreja e estava com o filho de 5 meses no colo. Wanderléia, quando atingida por um tiro de cabeça na nuca, caiu sobre a criança, mas ela não sofreu ferimentos.

Houve também tiros na rua Oscar Freire, em que policiais teriam sido surpreendidos por tiros e revidaram, além de um policial civil, que reagiu com tiros após ser abordado por assaltantes na Ponte Cidade Jardim.

“Isto é São Paulo, cada dia mais violenta”, lamenta Joseval antes de dar o seu tradicional “bom dia”. Que seja um dia bom e com menos mortes esta terça.