A fé faz bem ao coração? Cardiologista responde

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2014 16h43

Cardiologista Maurício Wajngarten e consultor Jovem Pan fala sobre a influência da espiritualidade na saúde do coração.

É importante entender que espiritualidade é uma coisa e religiosidade é outra.

Quando se avalia objetivamente essa influência, parece haver fatores psicológicos.

Alguém religioso parece ter menos estresse. Quando alguém vai buscar as escrituras sagradas, por exemplo, encontra modelos como o profeta A, B ou C.

O religioso tem uma tendência a seguir esses modelos, enfrentando o estresse do dia a dia com mais facilidade.

Fatores psicológicos, apoios sociais e comportamentos mais saudáveis seriam muito mais presentes nos indivíduos com espiritualidade do que aqueles que não têm esse comportamento.

E isso levaria a mais saúde do coração e dos vasos.