Futuro traumático para o Reino Unido?

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2017 10h45
Brexit 2

O divórcio da Grã-Bretanha é uma novela que deve se arrastar por muito tempo ainda.

Houve uma fantasia na ilha britânica de que o Brexit poderia ser algo suave.

Os custos econômicos, no entanto, farão os ingleses cair na real.

Já a União Europeia tem que jogar duro, tornando difíceis as condições da saída, para não abrir precedentes a outras nações.

O assunto traumático vai sair um pouco do noticiário, mas é importante.

O problema da Grã-Bretanha é caso ela se transforme em uma “Little England”, um pequeno País. Pode haver até um desmantelamento do País, com eventuais saídas de Escócia e outras nações que compõem o Reino.

Agora, temos que ficar de olho nas eleições francesas, cuja candidata Marine Le Pen ameaça seguir o mesmo caminho do Reino Unido.

Seria uma derrota para o mundo liberal construído no pós-Guerra, que tem os seus defeitos, mas é muito importante.

Trump

Mais uma fantasia do Mr. Trump é dizer que quer recuperar os empregos nas minas de carvão. É um discurso que parece aliado com os anos 1990.

Isso gera uma grande ironia, com a China paladina do meio ambiente, e o presidente do país asiático plantando árvores enquanto Donald Trump revoga acordos ambientais.

Essa é a realidade do mundo: a China assumindo a liderança com as balbúrdias de Trump.