Golpe militar na Tailândia é resultado de democracia frágil no país

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2014 13h52

O assunto desta quarta-feira (21) é a Tailândia, segunda maior economia do sudeste asiático e possuidora de uma democracia frágil. Os militares decretaram a Lei Marcial, dizendo que não se trata de um golpe, mas é um golpe em câmera lenta, segundo o comentarista JOVEM PAN Caio Blinder.

Ele ainda ressaltou em sua análise no Jornal da Manhã que os militares tailândeses dizem que as coisas serão normalizadas assim que possível. Um posicionamento típico de golpistas. De fato, segundo Blinder, a única instituição que consegue ser árbritro do poder no país são as Forças Armadas.

Para ele, trata-se do envolvimento militar mais direto desde que a Tailândia enfrenta uma crise. Porém, é preciso ressaltar que os protestos no país asiático não seguem o paradigma atual de protestos globais. Para entender os detalhes, ouça o áudio.