Grande tarefa do século 21 brasileiro é termos uma República democrática

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2017 10h07
BRA001. BRASILIA (BRASIL), 18/04/2017.- Un soldado de la Guardia Presidencial brasileña iza la bandera nacional hoy, martes 18 de abril de 2017, frente al Palacio de Alvorada en Brasilia (Brasil). El presidente de Brasil, Michel Temer, sostiene un desayuno con miembros de su gobierno para definir los principales puntos de la reforma de la Seguridad Social. EFE/Joédson Alves EFE/Joédson Alves Soldado da guarda presidencial brasileira iça bandeira nacional em frente ao Palácio da Alvorada em Brasília

O Brasil tem uma tradição autoritária. A democracia plena sempre foi difícil de ser instalada e desde o início da República tivemos problemas de convivência com ela.

A direita e a esquerda brasileiras, segundo o comentarista Marco Antonio Villa, sempre teve essa dificuldade, de um lado golpe militar, de outro, associações com governos não democráticos.

Villa traz a discussão para os dias atuais. “Na medida em que a Justiça seja leniente nas condenações de denúncias de desvios de recursos públicos, a Justiça joga água no moinho daqueles que defendem ações autoritárias. A democracia é atacada pelos dois flancos. A luta política fica fragilizada, a democracia fica fragilizada. A grande tarefa do século 21 brasileiro é termos uma República Democrática”.

Assista ao comentário completo:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.