Haddad é um dos piores gestores da história de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2016 11h42
Crédito: Fernando Pereira/Secom A cidade de São Paulo alcançou nesta quinta-feira (23) a marca de 100 quilômetros de ciclovias implementados desde junho de 2014, quando teve início o projeto SP 400km, com a entrega de mais 8,2 quilômetros de vias segregadas para bicicletas no Jardim Helena, na zona leste da capital. O percurso se soma a um trecho de 3,7 quilômetros, em funcionamento na região desde o último dia 12. O prefeito Fernando Haddad acompanhou a entrega do novo trecho.Prefeito Fernando Haddad anda de bicicleta em ciclovia na zona leste de São Paulo

Todo mundo sabe que um gestor público deixa quase de ter vida pessoal.

Não é mania de perseguição nem ter do que falar, mas quando consulto a agenda do prefeito Fernando Haddad fico indignado.

Moro na cidade de São Paulo há mais de 40 anos. Conheço a cidade e a história da capital paulista.

O que chama à atenção na Prefeitura Haddad é a falta de compromisso com o trabalho.

Já em projetos… Hospitais a menos, CEUs foram poucos construídos, Arco do Futuro também não saiu… Tudo farsa e conversa de marqueteiro. É um gestor desastroso.

O abandono, o lixo, a sujeira, o trânsito, a falta de obras de mobilidade.

Um sujeito que não é afeito ao debate, mas se pensa o rei da cocada preta. Hoje ele tem um compromisso, às 10h15: cerimônica de abertura da bicicultura.

Bicicultura seria “compartilhamento de conhecimento e formação de alianças entre ciclistas, cicloativistas, entusiastas e interessados na democratização urbana, na sustentabilidade ambiental e na qualidade de vida que a bicicleta proporciona”.

Ele que falsificou um documento público, a sua agenda.

Após o impeachment da Dilma em agosto, o interesse pela eleição municipal vai crescer.