Josias de Souza: Maia, Bolsonaro e centrão saem vitoriosos do primeiro turno da reforma

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2019 07h51 - Atualizado em 08/08/2019 19h26
Luis Macedo/Câmara dos DeputadosA reforma da Previdência foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados com 379 votos a favor e 131 contra

Com 379 votos a favor e 131 contra, a Câmara dos Deputados aprovou a reforma da Previdência em primeiro turno. O resultado garantiu uma folga de 71 votos além do necessário e ficou bem acima das expectativas mais otimistas do Governo, que previam entre 330 e 340 votos.

“Resultado muito expressivo. E esse resultado produziu três vitoriosos instantâneos: O presidente da Câmara, Rodrigo Maia se consolidou como principal liderança do Legislativo; Jair Bolsonaro saiu do processo como potencial beneficiário dos efeitos econômicos da reforma; e o centrão firmou-se como fiel da balança na Câmara, já que em troca de seus votos forçou o Governo a abrir os cofres e pagar emendas orçamentárias de seus parlamentares. Os maiores derrotados foram o PT e os partidos da esquerda, que deram as mãos a irresponsabilidade fiscal.”