Josias de Souza: Vazamento de mensagens revela relacionamento impróprio entre Moro e Dallagnol

  • Por Jovem Pan
  • 10/06/2019 07h56 - Atualizado em 08/08/2019 19h26
Gabriela Biló/Estadão ConteúdoComentarista analisa divulgação feita por reportagem no fim de semana

Ministro da Justiça e força-tarefa da Lava Jato criticam vazamento de conversas extraídas do aplicativo Telegram. O site Intercept divulgou neste domingo (9) trechos de conversas entre Sérgio Moro e membros do Ministério Público Federal, que disseram ter sido alvos de hackers.

“Esse conjunto de mensagens vazadas revelam uma proximidade juridicamente tóxica entre o ex-juiz Sergio Moro e a força-tarefa da Lava Jato, especialmente o seu coordenador Deltan Dallagnol. O relacionamento é de todo impróprio. Por vezes, na troca de mensagens, Sergio Moro parece até um superior hierárquico de Dallagnol, o que é inadequado porque a Constituição brasileira prevê que juízes não devem se intrometer na fase de investigação, justamente pra que preservem a sua isenção”, comenta Josias de Souza.