Líder do PT confessa que não há mais esperança de virar votos

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2016 17h25
Humberto Costa durante sessão de julgamento do impeachment de Dilma no Senado - ASENADO

Até o senador Humberto Costa (PT-PE), um dos grandes aliados de Dilma, lider do PT na Casa, já mostra pessimismo em relação ao desfecho do impeachment da presidente afastada e pede rapidez na conclusão do processo.

Ele disse à jornalista Jovem Pan Vera Magalhães que, se houvesse algum senador de fato indeciso, a sessão desta segunda (29) poderia sim reverter votos. Mas Costa confessa não acreditar que haja de fato parlamentares que ainda não sabem se votam ou não pela destituição de Dilma.

Humberto Costa avalia que quem não declarou voto ainda decidiu não fazê-lo por estratégia.

O parlamentar petista entende, no entanto, que o discurso de Dilma foi importante para que eles tivessem a narrativa de que ela foi, sim, vítima de um “golpe”. E também seria um marco para o PT tentar se recompor nas próximas eleições presidenciais, de 2018.