Lula aparece na frente para 2018, mas mantém alta rejeição, diz pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2017 09h55
Luiz Inácio Lula da Silva terá que devolver todos os presentes que recebeu durante seu mandato presidencial

O instituto Paraná Pesquisas, que fez a primeira pesquisa de popularidade do governo Michel Temer após a delação da JBS, também desenhou cenários para a eleição presidencial de 2018.

O levantamento mostra ascensão de Jair Bolsonaro (PSC) e liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), embora o petista apresente rejeição de 46,5%, o que dificultaria sua disputa em um segundo turno.

O prefeito de São Paulo João Doria Jr. apresenta quase o dobro (12,1%) da intenção do seu padrinho político, o governador Geraldo Alckmin (6,4%), cada um em um cenário diferente.

Foram ouvidas pelo Instituto Paraná Pesquisas 2.022 pessoas entre 25 e 29 de maio.

Com João Doria como o candidato tucano, os números ficam assim:

No cenário estimulado com Geraldo Alckmin, os números se apresentam assim:

 

Sem Lula como candidato, Bolsonaro e Marina Silva (Rede) lideram as intenções:

 

Veja as rejeições dos principais candidatos (“em quem você não votaria de jeito nenhum?”):

Os beneficiários de um sistema de “barata voa” em que os principais partidos e lideranças saem chamuscadas são os “outsiders”, diz a comentarista Vera Magalhães, que obteve em primeira mão os números da pesquisa nesta quarta-feira (31):