Lula, o maior interessado na queda de Dilma?

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2015 15h06
SÃO PAULO, SP, 13.10.2015: CUT-CONGRESSO - O ex-presidente do Uruguai, Jose Mujica, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a abertura do 12º Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores (Concut), nesta terça-feira (13), no Centro de Convenções do Anhembi na zona norte de São Paulo. As atividades vão até o dia 16 de outubro e o tema do Concut é 'Educação, Trabalho e Democracia'. (Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress)Dilma e Lula durante evento da CUT nesta terça

A causa da crise é Dilma. Se ela sair, a crise não vai ser resolvida, mas vai dar um alívio, porque vai haver credibilidade.

Quem parece concordar com isso é Luiz Inácio Lula da silva.

É bastante suspeito que Lula seja o brasileiro mais interessado na queda dela.

Nesse momento, há poucas forças sustentando Dilma no poder. Algumas forças sociais, uma parte do PT e sobretudo a alta cúpula financeira, os banqueiros, que confia em Joaquim Levy.

Levy tem um desempenho lastimável e não entende nada de político, mas ele tem feito o possível para mostrar o ajuste das contas públicas e dar confiança ao mercado. Só que Lula fica criando intriga contra o ministro da Fazenda.

Se Dilma derrubar o Levy, ela está adiantando a própria queda. Talves seja isso que Lula quer.