Medicina de precisão leva em conta características de cada pessoa

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2017 10h03
Marcos Santos/USP Imagens médico

A medicina de precisão é uma abordagem personalizada porque leva em conta as características de cada indivíduo. Ela busca entender a composição genética de cada paciente e a biologia do tumor.

Na medicina tradicional, pacientes com o mesmo tipo de câncer e o mesmo estágio da doença recebem o mesmo tratamento. No entanto, as reações são diferentes: alguns indivíduos respondem melhor do que outros. Isso acontece porque cada pessoa tem sua composição genética e cada tumor tem suas características.

A medicina de precisão leva em conta a genética, o histórico de saúde do paciente, o estilo de vida dele. Com essas informações, a prevenção melhora, medicamentos mais eficazes podem ser desenvolvidos, os médicos podem definir a melhor estratégia de tratamento para cada paciente e os efeitos colaterais podem ser menores também.

Mas é necessário investimento para isso. O sistema de saúde brasileiro precisa avançar nesse sentido para que todos tenham acesso à medicina de precisão.

Somos o Instituto Vencer o Câncer. Estamos juntos com você nessa luta. Acesse o nosso site: vencerocancer.org.br

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.