Medidas do governo Temer são vistas como colcha de retalhos

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2016 11h10
Michel Temer e Henrique Meirelles EFE

Integrantes do mercado receberam com certo ceticismo as medidas econômicas anunciadas pelo governo Michel Temer nesta quinta-feira (15). As medidas foram vistas como uma colcha de retalhos.

O uso do FGTS para pagar dívidas recebeu algumas críticas.

Não se espera também que as medidas surtam efeitos a curto prazo.

Pareceu uma tentativa um tanto quanto desesperada e improvisada, exatamente o que não espera do governo Temer, que anda no fio da navalha sobre a política e a economia.