Ministro Marco Aurélio se diz impedido e Mendes rebate suposta alfinetada

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2017 10h15

"Precisamos apurar Divulgação/STF Marco Aurélio Mello - STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello declarou há dois dias que se sentia impedido de julgar processos que envolviam o escritório Sergio Bermudes, já que sua sobrinha trabalha no local.

A declaração deixou o Supremo em temperatura ainda mais elevada e, supostamente atingido pela declaração, o ministro Gilmar Mendes reagiu violentamente a uma manifestação educada do colega.

Mendes pode ter se sentido atingido, segundo Marco Antonio Villa, porque sua esposa trabalha neste mesmo escritório e o magistrado concedeu habeas corpus ao empresário Eike Batista, defendido pela equipe da Sergio Bermudes.

Villa destaca a fala do ministro e diz: “esse é o tipo de diálogo que temos hoje no Supremo. A gente tem que gritar ‘Corra, o STF vem aí’”.

Confira o comentário completo:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.