Nova Iorque, a cidade que nunca dorme

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2015 18h10
Manhattan - Cidade de Nova York

Olá ouvintes de Minuto Turismo. Hoje a gente viaja por Nova Iorque, que foi cantada por Frank Sinatra como a cidade que nunca dorme. Mas a verdade é que Nova Iorque já foi uma cidade sonolenta de apenas 35 mil habitantes até o início do século 19.

Foi só em 1898, que os seus cinco bairros foram unificados. A partir de então, com a vinda de contingentes de imigrantes da Irlanda, Itália, Ásia e Rússia, a cidade se tornou uma metrópole de 3,4 milhões de habitantes.

Nestes anos de frenesi desenvolvimentista, empresários e financistas ajudaram a transformar Nova Iorque em uma metrópole de escala mundial.

Um século depois, em 1980, quando Michale Gleizer criou a marca “I love NY”, a metrópole já tiha mais de 700 museus. Hoje, Nova Iorque tem 8 milhões de habitantes e entre bistrôs luxuosos e as mais variadas comidas típicas têm 18 mil restaurantes.