O Brasil perdeu o comando dos presídios

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2017 08h17

Homem estende pano branco no presídio de AlcaçusAE Homem estende pano branco no presídio de Alcaçus

Terceiro massacre de 2017 deixa pelo menos 26 mortos em presídio do Rio Grande do Norte, e amplia a crise no sistema penitenciário. Neste fim de semana, membros do PCC realizaram motim e mataram integrantes da facção “Sindicato do Crime”.

No Paraná, 26 detentos fogem após explosão de parte de um muro do Complexo Penal de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Durante a ação, neste domingo, dois suspeitos de ajudar na ação foram mortos em troca de tiros.

Em Minas Gerais, 10 presos fogem do presídio regional de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. Já em Santa Catarina, um detento foi morto na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, e outro em um presídio de Blumenau, neste fim de semana.

Joseval Peixoto comenta: o fracasso e a fragilidade do sistema prisional brasileiro. O grande problema do Direito brasileiro é a execução da pena. As autoridades tinham de se voltar para isso. Os comandos dos presídios são disputados hoje por facções criminosas.