O melhor caminho para Temer é sair

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2017 10h08
EFE Michel Temer - efe

A cada dia que Michel Temer insiste em permanecer como presidente a sua situação fica ruim isso reflete na economia e no campo político brasileiro. Permanência de Temer abre caminho para uma tensão social cada vez maior e ele não sai porque tem medo de ser preso ao perder o foro privilegiado.

O comentarista Marco Antonio Villa destaca que em seu corpo de assessores e ministros, Temer tem (ou teve, já que alguns abandonaram o Governo) nomes arrolados em investigações e denúncias graves.

Entre os nomes citados estão: Sandro Mabel, José Yunes, Henrique Eduardo Alves, Geddel Vieira Lima, Romero Jucá, Eliseu Padilha, Moreira Franco, Rodrigo Rocha Loures e Tadeu Filippelli.

“Não é possível, presidente, o senhor continuar no Palácio do Planalto com esses assessores, que parecem criminosos. O melhor caminho para o senhor é sair. Não é possível ter tantos homens enrolados no Palácio do Planalto”, diz Villa.

Assista ao comentário completo:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.