Poder não age e crime organizado avança no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2017 12h57
Armamento pesado com suspeitos de atacar Protege

Integrante do PCC é acusado de comandar assassinato de fundador da torcida organizada Mancha Verde.

Moacir Bianchi foi morto no último dia 2 e teria negado a participação Marcelo Ventola, membro do alto escalão da fação, na organizada.

Marco Antonio Villa comenta: Enquanto o poder não age em relação ao crime organizado, ele vai avançando. Há escolas de samba e torcidas organizadas sob o domínio do crime organizado. Todo mundo sabe. O tempo vai passando e o crime vai se alastrando.

E o poder público continua de braços cruzados. Em alguns lugares é até aliado do crime.