Política é negociação

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2017 09h09
José Sarney e Michel Temer - ABR

Presidente Michel Temer dá aval para mudanças em cinco pontos da reforma da Previdência e divulga vídeo defendendo o projeto.

As alterações valem para as regras de transição, o benefício pago a idosos e pessoas com deficiência, as pensões e a aposentadoria rural.

Marco Antonio Villa comenta: o governo está recuando e deve recuar. Política é negociação. Deve-se negociar com transparência e em bases republicanas.

É necessário chegar a um ponto comum.

Vamos precisar de outras reformas a médio prazo. É melhor fazer uma semirreforma e, paulatinamente, vai fazendo as reformas necessárias.

Por outro lado, a Previdência deve evitar as fraudes, tirar anistiados políticos, renda mínima. Se o presidente Temer conseguisse aprovar a proposta inicial da reforma da Previdência, ele não teria qualquer papel na sucessão presidência. Ninguém ia querer seu apoio.

As pessoas preferiam o apoio do demônio em 1989, mas não o de Sarney.