Precisamos saber quem andou lucrando com os prejuízos imensos da Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2014 17h17

Nêumanne, afinal de contas, qual é a Comissão Parlamentar de Inquérito que vai funcionar a respeito do caso do escândalo da Petrobras? É a do Senado ou a mista do Congresso?

Esta terça-feira era a data aprazada para o começo do funcionamento da Comissão Parlamentar de Inquérito pedida pela oposição sobre os escândalos da Petrobras no Senado. O presidente do Senado resolveu instalar a comissão, mas a oposição retirou os nomes dos seus senadores da lista de lembros para reforçar a ideia de que é necessária uma Comissão Parlamentar de Inquérito mista, no Senado e na Câmara.

A história é simples: o governo não queria CPI nenhuma, mas a do Senado até dá para aceitar porque as tropas governistas tem maioria lá. Na Câmara a coisa é mais dinâmica, digamos assim, até porque o líder do principal partido aliado, que é o PMDB, o famoso Eduardo Cunha tem, digamos, um ânimo beligerante e bastante ativo entre o governo.

Então, o impasse continua e, enquanto isso, os parlamentares se debruçam sobre a investigação em relação ao caso da Petrobras. O que não impede que apareçam novos casos. No fim de semana, apareceram as três termoelétricas às quais a Petrobras se associou – uma com Eike Batista, portanto, brasileira; e duas americanas e que foram, evidentemente, péssimo negócio.

Agora, a Folha de S. Paulo dá em manchete mais um negócio horrendo, mostrando que, dois anos depois da compra de Pasadena, a Petrobras comprou uma destilaria Nansei Sekiyu Kabushiki Kaisha (NSS), no Japão, em condições muito semelhantes, com as mesmas cláusulas, etc, o que mostra que o Conselho de Administração da Petrobras ainda não estava atento a respeito das peripécias do menino Cerveró.

Apesar da dona Dilma andar falando que ela está apurando tudo, ela não consegue explicar como é que, depois de ter reconhecido que foi enganada pelo Cerveró, ele fez uma outra venda ruinosa e ainda foi diretor da BR Distribuidora – empreguinho, segundo Graça Foster.

Ou seja, seja qual for a CPI, ela é necessária. Nós precisamos saber alguma coisa sobre quem é que andou lucrando com os prejuízos imensos da Petrobras.