Presidente do PT não perde jamais a chance de errar

  • Por Jovem Pan
  • 10/03/2017 13h42
Rui Falcão concede entrevista em São Paulo. 10/3/2016. REUTERS/Nacho DoceRui Falcão

Decididamente, o companheiro Rui Falcão, presidente do PT, não perde jamais a chance de errar. Há poucos dias ele se entusiasmou com a concessão de um habeas corpus ao goleiro Bruno, condenado a muitos anos de prisão por ter ordenado o assassinato e a ocultação do corpo de sua ex-namorada Eliza Samudio.

O Rui Falcão achou que isso era um bom precedente que poderia beneficiar os companheiros Antonio Palocci e José Dirceu. De lá para cá, José Dirceu foi condenado a mais uma temporada de prisão, agora em torno de 11 anos, e se descobriu que Antonio Palocci é o “Italiano” do departamento de propinas da Odebrecht.

Rui Falcão afirmou naquela época que os dois companheiros eram muito melhores que o goleiro Bruno.

Agora, há controvérsias.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.