Principal fator de risco do melanoma é exposição ao sol

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2017 10h24
Paolla Oliveira curte dia de sol na praia - Instagram

O melanoma é o câncer de pele mais agressivos, mas é bem menos frequente que o câncer de pele não melanoma. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer são 5.670 novos casos neste ano.

O principal fator de risco é a exposição ao sol. Pessoas que tiveram queimaduras severas antes dos 15 anos também têm risco maior de ter melanoma no futuro. As que têm muitas pintas e histórico de melanoma na família também possuem risco aumentado.

É preciso ficar atento quando a pinta muda de cor, forma e tamanho. Caso isso ocorra, a lesão deve ser observada por um dermatologista. O oncologista Fernando Maluf alerta que também podem ocorrer coceiras.

“O diagnóstico é feito por biópsia e a pinta deve ser totalmente removida”, explica. O tratamento do melanoma é feito com cirurgia.

Confira: