Prisão de jovens no Irã é prova de que a vida é infeliz no país

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2014 13h56

A vida é infeliz no Irã, uma mera expressão de felicidade é perigosa e pode ser caso de polícia, segundo o comentarista e correspondente internacional JOVEM PAN Caio Blinder. Ele exemplifica um grupo de jovens que foram perseguidos por estarem se divertindo com o hit americano Happy.

Então, Blinder se pergunta quando o Irã vai se libertar de sua teocracia, da patrulha moral e quando tentar ser feliz não será perigoso. No vídeo, os jovens estão juntos, dançandos nas ruas e telhado de Teerã; as moças estão com a cabeça descoberta.

O ato foi considerado obsceno pelo chefe de polícia da capital. Ele ainda forçou os jovens a confessarem o crime na televisão estatal. Com isso, foi lançada uma campanha global pela liberdade dos jovens.

Ouça a análise completa no áudio.

Assista ao polêmico vídeo abaixo: