Proprietária da vinícola Garcés-Silva comemora sucesso no Brasil: “orgulho”

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2016 12h17

Vinícula Garcés-Silva é conhecida pela qualidade de seus produtos

Reprodução/Instagram Enoteca

Nesta edição do Enoteca Jovem Pan, o especialista Esper Chacur recebe uma convidada muito especial: Maria Paz Garcés, da vinícola Garcés-Silva, do Chile,  que trouxe a Amayna para o Brasil.

A produção em San Antonio-Leyda, de acordo com Maria, se deu porque seu pai tinhar terras de frente ao mar, mas acima do nível da água. Somente quando foi possível ter acesso a um rio próximo que as plantações engrenaram. “Plantamos um vinhedo pela primeira vez em 1999. A safra é de 2003, [a importadora] Mistral foi nosso primeiro cliente”, contou.

Feliz com o sucesso no País, ela rasgou elogios: “é um orgulho tremendo quando nos falam do sucesso do Pinot Noir no Brasil”.

Ouça a entrevista completa no áudio.