Saiba mais sobre os vinhos do tipo late harvest, de colheita tardia

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2014 10h20

As vinícolas sul-americanas passaram, há algumas poucas décadas, a investir em vinhos de sobremesa ou para acompanhar petiscos e queijos do tipo late harvest (ou “colheita tardia”). Nesta edição da Enoteca Jovem Pan, Esper Chacur fala um pouco mais sobre eles. 

Os late harvest são geralmente doces, produzidos a partir de uvas deixadas na videira por várias semanas após a data ideal de colheita. Esse processo resulta na desidratação e no aumento da concentração de açúcar da bebida. 

Algumas sugestões do especialista são o argentino Santa Júlia Torrontés, o chileno Frontera da Concha y Toro, o uruguaio Fábula da Pisano, e o brasileiro Aurora Colheita Tardia. 

Saiba mais sobre eles no áudio.