Se Lula é pai da transposição do São Francisco, que explique então as irregularidades

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2017 10h56
BRA105. SAO PAULO (BRASIL), 15/03/2017.- El expresidente brasileño Luiz Inacio Lula da Silva ofrece un discurso durante una manifestación contra la reforma al régimen de jubilaciones propuesta por el presidente Michel Temer hoy, miércoles 15 de marzo de 2017, en Sao Paulo (Brasil). Cientos de miles de brasileños se manifestaron hoy en ciudades del país contra la reforma al régimen de jubilaciones propuesta por el presidente Michel Temer, quien salió en defensa de la iniciativa y dijo que busca evitar un "colapso". EFE/Fernando Bizerra Jr.Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursa durante ato contra a Reforma da Previdência na Av. Paulista

No dia 10 de março, o presidente Michel Temer inaugurou o eixo leste da transposição do Rio São Francisco. Enciumado, Lula baixou por lá neste domingo (19) para reivindicar a paternidade da obra.

O ex-presidente garante que é o pai da transposição e que Dilma é a mãe. “Nem precisa de exame de DNA. Pelo menos cinco marcas de nascença atestam que o filhote é a cara do pai”, diz o comentarista Augusto Nunes.

Entre as marcas estão: atraso do cronograma, orçamento falsificado, licitações superfaturadas, indenizações ilegais e desvios de dinheiro público.

“Como Lula enfatizou que Temer não tem nada com isso, cabe a ele e Dilma explicarem o que aconteceu nestes cinco casos de polícia”, completa Augusto Nunes.

Confira o comentário completo:

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.