Senador articula e juristas lançam nome para suceder Temer

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2017 11h05
Antônio Cruz/Agência Brasil

Até em medidas nas quais Temer tem o apoio, como a convocação do Exército para fazer a segurança dos prédios públicos, o presidente se mostra atabalhoado.

O senador Tasso Jeiressati (PSDB) já faz campanha dele mesmo nos Estados, com uma série de consultas e viagens, para se viabilizar. Com trânsito entre vários partidos, sem ser citado na Lava Jato e apoiado por FHC, Jeiressati ficaria como presidente nesse novo arranjo, tendo Nelson Jobim como ministro da Justiça. A equipe econômica permaneceria.

Jurista especialista no combate à corrupção, Modesto Carvalhosa foi lançado pela classe jurídica como um nome independente. Mas isso é muito difícil de prosperar. A tendência é de que o escolhido seja alguém do establishment político, uma vez que deverão ser os congressistas os responsáveis por escolher o novo presidente.