Sobral Pinto seria visto hoje em Brasília como um otário

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2017 10h37
Brasil, São Paulo, SP. 01/11/1987. O jurista Heráclito Fontoura Sobral Pinto. Pasta:34421 - Crédito:CARLOS CHICARINO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:105617Heráclito Fontoura Sobral Pinto - AE

Um dos mais respeitados juristas do País foi convidado por Michel Temer para assumir uma das vagas do Supremo Tribunal Federal.

Esse mesmo jurista agradeceu ao convite, mas disse que não poderia aceitá-lo por um motivo ético. Um ano antes, o jurista tinha lutado em defesa do presidente ameaçado em não tomar posse. Parece mentira. Pareceria se fosse hoje.

Esse fato se deu em 1956, o presidente era Juscelo Kubitschek. Quem recusou o convite foi Heráclito Fontoura Sobral Pinto. Na época, mais uma vez, Sobral Pinto foi festejado como um exemplo de honradez.

Hoje, ele seria visto pelos políticos de Brasília como um otário.

Confira: