Tendência a homogeneizar o gosto do consumidor

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2014 21h53

Há uma tendência de boa parte dos enólogos em gerar uma massa consumidora de analfabetos gustativos, uma tendência a ditar regras com o fim de homogeneizar o gosto do consumidor.

Se não bastasse a globalização do vinho, agora querem globalizar o gosto, querem planificar o consumo a partir de regras gustativas que afrontam a própria natureza humana.

Vinhos globalizados respeitam a regra da economia de escala, não dos processos originais de produção. Eles passam em cima dos terroirs como tratores, aí é criada toda uma malha de marketing e distribuição que só dará certo se o gosto for padronizado de forma global e padronizar o gosto de um mercado em formação como o nosso é mais fácil. Confira o áudio na íntegra.