Um tsunami de lama atinge o governo

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2017 09h10
BRASILIA DF 23/02/2010 POLITICA Presidente Michel Temer recebe Deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) e convidado na Camara dos Deputados FOTO JBatista / Agencia CamaraMichel Temer e Rocha Loures - ACAMARA

Rodrigo Rocha Loures tem pedido de liberdade negado pelo ministro Ricardo Lewandowski, do STF.

Investigado por 3 crimes, o ex-deputado e ex-assessor do presidente Michel Temer deve ser transferido hoje para o presídio da Papuda, em Brasília.

Marco Antonio Villa comenta: Rocha Loures era quase um ministro e ficava muito perto da sala presidencial.

Das 82 perguntas, 28 são sobre Rocha Loures.

E o R$ 1 milhão do Coronel Lima?

E o presidente mentiu mais uma vez ao dizer que não tinha viajado no jatinho do sr. Joesley Batista, em nota oficial.

Temer teve viagens, no plural, em 2011, foi no casamento do “falastrão” e em aniversário da família do “falastrão”. Basta consultar a revista Glamurama.

Ele disse que a relação com Loures era institucional. Mentira, já que doou R$ 200 mil para a campanha de Loures em 2014.

E quem é esse “Edgar”?

Quando Afonso Arinos (1905-1990) falou em mar de lama, ele não imaginava o que viria depois. Isso é um tsunami de lama.